segunda-feira, 1 de setembro de 2014

Motorista perdeu o controle e bateu na frente de uma casa

Um motorista perdeu o controle e bateu na frente de uma casa na "rua do bujão", na esquina em frente a casa do saudoso Nego de Arthur!
O fato ocorreu por volta de 1h e graças a Deus não atingiu pessoas gravemente! Mas o susto... os vizinhos acordaram com o barulho da batida! Imagine a senhora que dormia na casa!! Redação/ Tamy/ Notícias urgente.com.br

domingo, 31 de agosto de 2014

Discaso mostra fatos e retratos de uma cidade abandonada

Fotos: Daniel Caldas

Na tarde deste Domingo dia 31 de agosto de 2014 o site noticias urgente visitou A Rua Gutemberg Araujo, no Bairro Armandão. o descaso com moradores da quele bairro Realmente é Notório,Falta de Aguá que Chegar até (05) Cinco dias, Esgotos a céu aberto evadindo as casas, lixo, marto, e até cobra entram as Casas das Pessoas que Residem Naquele Bairro, O que nos dar a entender o principal Descaso por parte dos nossos Gorvenates,Secretário não dar uma resposta!!, prefeito não diz o que fazer!!!, e quanto isso o povo sofre, com sorriso bonito, e falsas promessas feitas por pessoas não morra ali.
 Redação: Daniel Caldas / noticiasurgente.com.br

Fotos: Daniel Caldas

Ladrão rouba mulher de médico e por pouco não foi linchado pela populaçao


A Polícia Militar foi chamada e seguiram no encalço do bandido. Populares viram para onde ele fugiu e conseguiram pegar ele, por pouco não foi linxado, não fosse a ação rápida da Polícia que chegou até o local e conseguiu prender o elemento. Os policiais Getúlio e Franco que efetuaram a prisão, o conduziram para a delegacia de Ubatã, já que a de Ubaitaba não teria agentes para receber os presos.
O nome do bandido é Clebson Silva Nascimento, de 21 anos, residente no distrito de Faisqueira e agora vai ver o sol nascer quadrado. Além dele, outro elemento que também participou da ação, conseguiu evadir do local e até agora a polícia não conseguiu localizá-lo. Mas continua na captura do bandido. (Ubaitaba.com)



Caçamba que transportava alunos do curso de bombeiros civil, sofre acidente e deixa vários alunos feridos.

Cerca de 40 alunos que seguiam para treinamento do curso de sobrevivência em selva, e estavam sendo transportado na carroceria da caçamba, placa policial JOE- 1070 – Itabuna. Eles seguiam para uma fazenda no município de Maraú. O acidente aconteceu na br 030, cerca de 3 km, saindo de Faisqueira em direção à cidade de Maraú. A caçamba não conseguiu subir a ladeira e apagou o fogo, descendo de ré. Neste momento, o motorista Jailton Santos, tentou acionar os freios, mas este não funcionou. E a caçamba descia em direção a ribanceira e o rio, mas ele agilmente jogou o fundo da caçamba para a encosta. Ao bater no barranco, a caçamba tombou e os estudantes cairam.
De acordo o motorista, havia 42 passageiros e mais 03 na boleia do caminhão. Muitos ficaram feridos, mas até o momento, as informações que tivemos é que não houve vítimas graves.


A caçamba estava em estado muito precário e é considerado um absurdo usar um veículo daquele para transporte de passageiros. Segundo o Comandante dos Bombeiros Civis, Paulo Alberto, os alunos seguiam para treinamento de sobreviência em Selva, e de acordo ele, era cerca de 20 alunos.
Ao ser questionado porque levou os alunos em uma caçamba, ele nos explicou que foi solicitado um ônibus para a prefeitura local, mas foi informado que não havia nenhum disponível, que a Secretaria de Transportes só poderia ceder para o setor da Saúde, e foi concedido esta caçamba de terceiros.Um fato até difícil de acreditar.

O comandante lamenta o ocorrido. Fotos: Aleilton Oliveira
Comandante Paulo Roberto, o curso deve continuar e que acidentes acontecem, embora esse tenha sido a primeira vez. Ele também sofreu fratura interna no braço.
O Instituto Beneficente Eletro Carlos, responsável pelo Curso de Bombeiro Civil é presidido pelo vereador ubatense, Carlinhos Diplomata (PR), que há anos realiza diversos cursos técnicos em Ubatã e em municípios da região e em Ubaitaba estava começando agora. O Curso de Bombeiros Civil é promovido pelo Instituto Beneficente Eletro Carlos (IBEC).

quarta-feira, 23 de abril de 2014

Terapeuta é suspeito de agarrar e estuprar paciente na mesa de massagem



O terapeuta ocupacional Paulo Alves Bandeira Junior, 27 anos, natural de Delmiro Gouveia, em Alagoas, foi preso sob a acusação de abusar sexualmente da paciente J. K.S, 19 anos, durante uma sessão de massagem e acupuntura na clínica naturista Vida Plena, no bairro Sandra Regina, em Barreiras, Oeste da Bahia.

De acordo com informações da polícia, a família ficou assustada quando a jovem chegou a casa chorando, dizendo para a mãe e uma irmã, que tinha sido violentada sexualmente na mesa de terapia. Durante interrogatório no Complexo Policial de Barreiras, a garota afirmou que teve uma toalha colocada sobre sua cabeça e depois de despida foi agarrada por Paulo, não tendo chance de reagir. O delegado José Romero investiga o caso.

O pai da jovem disse em depoimento ter deixado a filha no consultório aos cuidados de Paulo e ficou surpreso com a informação. “Quando falaram da demora de mais ou menos 45 minutos no tratamento, saí porque tinha outro compromisso. Nunca imaginei que ele fosse capaz de fazer isso. Confiei nele como profissional”, ressaltou.

A terapeuta negou o crime, mas o delegado não acredita na versão apresentada por ele. “Primeiro negou o estupro, mas depois terminou confessando quando falamos dos indícios na roupa e no corpo da vítima e sobre o exame a ser realizado pela Polícia Técnica”, finalizou Romero.

Paulo é casado e tem um casal de filhos. Ele frequentava uma igreja evangélica e de acordo com o pastor será expulso da congregação. “Será excluído do rol da igreja, mas vamos continuar orando por ele”, disse o pastor.

segunda-feira, 21 de abril de 2014

Polícia prende falsa banda Gasparzinho, do sucesso ‘Vai no Cavalinho’

Mais uma vez acusação de plágio termina em delegacia e quase se transforma em tragédia em uma cidade do interior de Minas Gerais. Um Um show anunciado como sendo da Banda Gasparzinho, do sucesso “Vai no Cavalinho”, terminou com quebradeira feita pelo público e a prisão do empresário e do vocalista do grupo na madrugada de domingo (20).

O evento era realizado no espaço Garage Hall, em João Monlevade, no interior de Minas Gerais, quando após o show de abertura o público foi surpreendido pela apresentação de uma banda “genérica”.

Era na verdade a banda Forró Gasparzinho, que existe registrada com esse nome, mas foi anunciada como sendo a original. Inclusive, no contrato apresentado pelo organizador do evento, Antônio Taveira, está escrito no espaço do nome do artista: “Gasparzinho (original)”.

Antônio Taveira diz que foi enganado e se considera vítima do grupo. Com isso teria acumulado um prejuízo de R$ 70 mil, dos quais R$ 23 mil são referentes a adiantamento pago como parte dos R$ 50 mil do total cobrado pela banda.

Durante a confusão, cerca de 1.700 pessoas estavam na casa de shows. Eles pagaram ingressos com preços que variam de R$ 30,00 a R$ 40,00. O organizador da festa diz que não sabe como fazer para devolver os valores à maioria das pessoas que compareceram ao Garage Hall. Ele afirmou que não tem como saber, no caso do pessoal da pista, quem tinha ingresso ou não. Para os do camarote, aqueles que guardaram as pulseiras, consegue-se identificar para ressarcir as pessoas.


Segundo Antônio Taveira, alguns inclusive foram reembolsados ainda na madrugada deste domingo depois que o tumulto provocou a interrupção do show. Já nesta manhã, quando a reportagem do ‘Última Notícia’ esteve no local, um casal usando as pulseiras do camarote buscava informações com um segurança sobre a forma para receber de volta o dinheiro pago.

Para Antônio Taveira, o maior prejuízo é ter seu nome envolvido no escândalo. “Se eu perdesse R$ 50 mil não tinha problema. Mas agora perdi a credibilidade do meu nome”, lamentou.

De acordo com o organizador do show, bastaram 30 segundos para que o público percebesse que a banda não era o Gasparzinho esperado. “Foi ele [o vocalista] subir no palco e abrir a boca que o público começou a vaiar e quebrar tudo”, contou.

De acordo com Antônio Taveira, antes de subir ao palco, o vocalista chegou a fazer com canetinha uma tatuagem que o cantor da banda Gasparzinho teria no braço direito com o nome Yasmin. Este detalhe era visível no cartaz de divulgação da festa.

Os rumores de que a banda Gasparzinho original não se apresentaria em João Monlevade começaram no início da semana passada. A reportagem do ‘Última Notícia’ recebeu esta informação e verificou que não havia programação de data para João Monlevade neste sábado (19) no site da banda.

Em contato com produtores do evento, foram apresentados documentos em que havia informação de que se tratava da banda Gasparzinho verdadeira. Inclusive referente ao registro de marcas e patentes, além do contrato onde também constava a afirmação “original”.

Desde a madrugada, o empresário Carlos Henrique e o vocalista da banda, cujo nome não foi divulgado, estão detidos na delegacia de polícia em João Monlevade. O restante da banda conseguiu fugir com o ônibus do grupo deixando o local do evento durante o tumulto.

De acordo com o delegado Thiago Araújo Costa, responsável por conduzir o flagrante, até o momento apenas as pessoas que figuram como vítimas e algumas testemunhas foram ouvidas. A oitiva do suspeitos transcorrerá ao longo do dia.

Carlos Henrique aceitou conversar com nossa reportagem e afirmou que a banda contratada chama-se Forró Gasparzinho e, segundo ele, os organizadores do evento sabiam disso. Questionado sobre o que fará diante da acusação de que agiu como falsário, ele disse que outras declarações só serão feitas na presença de um advogado.

Conforme publicação do site 'Última Notícia'.

Foto: divulgação

sexta-feira, 18 de abril de 2014

URGENTE! Após a prisão de Marco Prisco, PM pode entrar em greve novamente


Capitão Tadeu pede para que os policiaismilitares parem as atividades

Após a prisão do líder grevista Marco Prisco, nesta sexta (18), alguns Policiais Militares já estão anunciando o desejo de retornar a greve. Segundo mensagens que já estão sendo espalhadas pelasredes sociais, os policiais estão se sentindo traídos pelo governo que , fez um acordo com Prisco para o fim da greve.

Em entrevista a rádio Sociedade da Bahia, o Capitão Tadeu pediu para que os policiais parem imediatamente as atividades. Ele provavelmente assuma a liderança de uma nova greve. No Facebook, o Capitão também já se manifestou. ”Dessa forma, neste momento, por exigência dos policiais e bombeiros militares, saio da condição de moderador do movimento reivindicatório e assumo a liderança do mesmo. Assim sendo, conclamo toda a tropa para suspender as atividades IMEDIATAMENTE até que o governo providencie a soltura de Prisco”, escreveu ele.